Rio Iacri: Três prefeitos “ilhados” de representatividade

POR JOTA NEVES
jotaneves.com.br

Uma tragédia que poderia ser evitada por ação do poder público. São dois deputados e três prefeitos do PV, mas nenhuma reivindicação formal ao governo de Geraldo Alckmin. Por outro lado, os parlamentares “pegam carona” na tentativa de reativar o transporte ferroviário, trabalho iniciado há 15 anos pelo Ministério Público Federal. 

Prefeita de Queiroz - "Tuti" ao lado de Alckmin

Prefeita de Queiroz –  Ana Virtudes Miron Soler, a “Tuti” ao lado do governador Geraldo Alckmin

Prefeito de Herculândia - Rchard "Itapuã"

Prefeito de Herculândia – Richard “Itapuã”

A tragédia que vitimou duas pessoas de Queiroz na madrugada de 25/1, revelou a falta de interesse político estadual para resolver definitivamente o problema que ressurge a cada chuva torrencial, interrompendo o tráfego da rodovia Miguel Gantus (SP-383) e, por consequência, a escoação de produtos agroindustrial.

A fatalidade ocorrida nesta semana era anunciada. Nos últimos 12 meses, o rio Iacri apresentou três enchentes. A “ponte” submergiu e houve o rompimento da tubulação. Era certo a ocorrência de uma tragédia com proporções ainda maiores.

A ocorrência deixou explícita o desinteresse político de nossos representantes. Se por um lado, nenhum dos três prefeitos, no trajeto Tupã/Herculândia/Queiroz demonstrou preocupação, o que dizer dos nobres deputados Evandro Gussi e Reinaldo Alguz – federal e estadual respectivamente.

Por ironia do destino, a prefeita de Queiroz, Ana Virtudes Miron Soler, a “Tuti”, o prefeito de Herculândia Richardson Branco Nunes, o “Richard Itapuã” e o prefeito de Tupã, José Ricardo Raymundo, todos são do PV. Os três estão “ilhados” de representatividade partidária.

Prefeito de Tupã - Ricardo Raymundo

Prefeito de Tupã – Ricardo Raymundo

Também não há nenhuma movimentação dessas prefeituras no sentido de reivindicar de seus representantes que exerçam suas funções para forçar o governo de São Paulo a permitir que o DER – Departamento de Estradas e Rodagem agilize projeto de execução de uma obra definitiva no quilômetro 12 – distrito de Juliânia, em Herculândia.

É urgente a necessidade da construção de uma ponte mais elevada e com vazão ampliada para impedir o extravasamento do rio Iacri. O gasto em medidas paliativas já teria sido suficiente para a execução de uma obra definitiva.

 

FERROVIA

Deputado federal Evandro Gussi se demonstra preocupado com ferrovia desativada

Deputado federal Evandro Gussi poderia trabalhar com Reinaldo Alguz e reivindicar uma ponte para a SP-383 para socorrer os usuários da estrada

Enquanto os deputados do PV, Evandro Gussi e Reinaldo Alguz tentam “pegar carona” na tentativa de reativar o transporte de carga pela malha ferroviária, trabalho iniciado há 15 anos pelo Ministério Público Federal, uma importante estrada estadual da região de Marília vive um drama a cada chuva mais volumosa.

O blog entrou em contato com a assessoria dos dois parlamentares através de e-mails, mas até o fechamento desta reportagem, nenhuma resposta foi dada ao questionamento feito.

TRAGÉDIA

Valmir Antônio e João Paulo dos Santos morreram em carro arrastado por correnteza (Foto: Arquivo Pessoal )

“Barrinha” e João Paulo morreram afogados após veículo ser arrastado por correnteza (Foto: Arquivo Pessoal )

O Corpo de Bombeiros retirou, nesta sexta-feira (26), a caminhonete que foi arrastada pelo rio Iacri. O acidente aconteceu quando Valmir Antônio, de 61 anos, o “Barrinha” e João Paulo dos Santos, de 31 anos, estavam na caminhonete Hilux SW4, placa de Sertãozinho foi engolida pela cratera e arrastada por aproximadamente 200 metros.

A camionete trafegava no sentido de Queiroz a Tupã. Segundo consta, “Barrinha” trabalhava em usina de cana em Castilho e veio a Queiroz visitar a esposa. A tragédia aconteceu quando retornava para o trabalho.

Motoristas que passavam pelo local perceberam parte da camionete dentro da água no período da manhã. As testemunhas retiraram as vítimas e acionaram os bombeiros e a polícia.

Foto: Lucas Malaguiti/Arquivo Pessoal - Reprodução/TV TEM)

Foto: Lucas Malaguiti/Arquivo Pessoal – Reprodução/TV TEM)

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*