Coluna Social_Regina Helena + Glauco Toth “By Life” – edição 40

Compartilhe


Casal Destaque: Encantadores Luiza e José Luiz Zana.

Fundo do Baú: Foto (1993) do jogo São Paulo x Palmeiras e vemos, Alemão (SPFC) sendo entrevistado por repórter (quem seria) da Rádio Dirceu (Marília). Relíquia.
O jogo foi no estádio do Morumbi, o placar foi 2×2 e um dia triste para o futebol brasileiro devido a briga generalizada entre os jogadores de ambas as equipes no final da partida.

Preto e Branco: Sonia Blota, jornalista de talento, brilhante profissional.

Foto é Fato: Chef Larissa Batista, também colunista de gastronomia do Piauí (BR). É uma das melhores chefs da atualidade, mostrando habilidade em tudo que faz.

Acessório indispensável atualmente, as máscaras ganharam identidade e personalidade, como as que são oferecidas pela empresa MZ Lume Group, do mariliense Maurício Benedito Zaparolli, que há 25 anos reside na capital.  A MZ Lume Group atende grandes conglomerados do mercado, com diversos produtos de ponta, dentre os quais as máscaras, que trazem design inovador, com diversas cores, apresentações e personalizações. Você que é empresário, por exemplo, pode aplicar a logo da sua empresa e projeta-la, fazendo bem a quem dela precisa, aliando uma estratégia de marketing, prevenção à saúde, com um produto politicamente correto, que agrada a todos. Contato com Rosano, pelo telefone 14-99107-5118.

Eduardo Amaro prepara lançamento de seu novo livro: “Estudos Identitários & Dialógicos”, arte primorosa feita pelo talentoso Fábio Araújo, que sairá pela Editora Pragmatha, da querida Sandra Veronese, neste semestre. Terá uma versão para o Kindle.

Para Ler e Pensar


O clássico inglês está de volta

Muitas montadoras já produziram carros que ficaram marcados na história, porém, somente algumas delas conseguiram entregar veículos verdadeiramente transformadores no mercado que reuniram uma significativa legião de fãs e seguem vivos na memória dos consumidores até hoje. Um desses modelos é justamente o Land Rover Defender que estreou na linha de produção em 1948, serviu até as Polícias Civil e Militar do Estado de São Paulo nos anos 2000 e deixou de ser produzido somente 68 anos depois, em Janeiro de 2016 após registrar mais de dois milhões de veículos fabricados.

A lenda está de volta recheado de tecnologia e com um visual muito mais moderno do que o anterior.

Mesmo com um motor mais fraco, entrega quase o dobro de potência do seu antecessor. São duas opções turbodiesel ( 200 e 240 cv, ambas 2.0) e duas a gasolina ( 2.0 quatro cilindros de 300 cv e 3.0 V6 de 400 cv com sistema híbrido de 48V). Atrelados a um câmbio automático de oito marchas da alemã ZF, na versão híbrida levam o jipão de 0 a 100 km/h em rápidos 6,1 segundos.

Externamente, o Defender manteve as suas linhas quadradas, porém com vincos marcantes e Leds nos faróis e lanternas com vão livre do solo de 29,1cm, mas pode variar até 7,5 cm para cima ou 5 cm para baixo graças às suspensões pneumáticas para se adequar tanto a vida urbana quando ao of road.

Internamente, o painel tenta preservar linhas horizontais, mas telonas digitais cortam a nostalgia. Central e painel digitais ajudam a selecionar de maneira intuitiva o melhor modo de condução para cada tipo de terreno que o carro irá enfrentar. Toda a cabine da nova geração é marcada pelo contraste entre tradição e modernidade.

O novo Defender deixou de ser um jipe rústico, mas não deixou de preservar a valentia, sendo ideal para os apreciadores de aventuras com conforto. Essa nova geração veio para manter o lendário Land Rover vivo ainda por muitos anos.

Crédito das fotos:
www.motorshow.com.br
www.dcauto.com.br


 


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*