A palavra é…vida

Compartilhe

 

Na guerra do combate a pandemia, nota-se claramente que a vida perdeu e o dinheiro falou mais alto. Não importa a saúde das pessoas, importa o tanto que o capital pode ser acumulado. O capitalista selvagem tem certeza de que o dinheiro comprará as chaves do reino dos céus. A vida para esse tipo de gente predatória nada vale. A vida dos outros, diga-se. Importam para eles que os aproveitadores, especuladores, oportunistas sobrevivam, quanto aos demais, é um mero detalhe. Afinal, como diz aquele exemplo de bondade, prefiro morrer trabalhando. Ou o outro, todos vão morrer um dia.

 


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*