Após matar a esposa, assassino pode ter se passado por ela e postado mensagens nas redes sociais

Após matar a esposa, assassino pode ter se passado por ela e postado mensagens nas redes sociais

do  SÃO CARLOS AGORA

Após matar a esposa, assassino pode ter se passado por ela e postado mensagens nas redes sociais - Crédito: Maycon Maximino
Crédito: Maycon Maximino

O SCA teve acesso a uma mensagem postada no Whatsapp de Marisa no dia 6, às 20h49, dizendo para uma colega de trabalho que estaria afastada do trabalho. A seguir a mensagem na integra: “Boa noite dri vc avisa a turma ai q estou de atestado até sexta só vou poder ir na segunda obrigado bjis”.

No último domingo (10) Renato também teria feito postagens na página da esposa no Facebook, tudo para tentar não levantar suspeitas sobre o crime.

Mesmo após matar a esposa e a enteada, Renato continuou frequentando a casa para alimentar o cachorro e pegar roupas.

A verdade veio à tona nesta terça-feira (12), quando sua mãe ficou sabendo do crime e acionou a Polícia Militar. Ele foi preso pela ROCAM no Jardim Gonzaga com três pedras de crack. Na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) foi indiciado por duplo homicídio qualificado e está recolhido ao Centro de Triagem.

Sobre o motivo do crime, ele alega que estava sob efeito de entorpecentes e que acreditava que a mulher estava lhe traindo.

Renato possui uma filha de 8 anos do relacionamento com Marisa. Ela está sob os cuidados da avó materna.

Renato foi indiciado por duplo homicídio triplamente qualificado.

Crédito: Maycon Maximino

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*