BOLETIM DE CAMPANHA: Gestão Daniel Alonso investe em educação com equipe qualificada e infraestrutura renovada

Compartilhe

 material jornalístico produzido pelas assessorias de imprensa dos candidatos a prefeito- sem custo partidário – obedece a política pluralista, independente e imparcial do portalmariliense.com

Desde o início da gestão do prefeito Daniel Alonso, um dos grandes compromissos da equipe de governo é a valorização da Rede Municipal de Ensino, um diferencial que coloca Marília entre as cidades que mais investe em Educação.

E esse trabalho é reconhecido nacionalmente, uma vez que a rede municipal conquistou em 2018 a nota 7,2 no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), maior nota desde que a prova foi criada em 2007, superando as médias estadual (6,5) e nacional (5,5).

Entre as cidades de 200 mil a 300 mil habitantes, Marília ficou em segundo lugar no Estado, à frente de cidades do mesmo porte ou até maiores, como São José do Rio Preto (6,9) e Bauru (6,1).

Para o chefe do Executivo, Daniel Alonso, a educação municipal funciona como uma engrenagem perfeita. “Com essa união, a gente faz de Marília uma referência na educação e não vamos medir esforços para que continue sempre assim. Temos uma merenda de alta qualidade, materiais e equipamentos de primeiro mundo, sendo que desde o ano passado incluímos o tênis escolar junto com os uniformes de verão e de inverno, mochilas, estojos e kits escolares; mas principalmente temos diretores, professores, auxiliares, coordenadores e servidores da rede focada num mesmo objetivo, que é oferecer educação de qualidade as nossas crianças,” disse.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Prof. Helter Rogério Bochi, “com o respaldo do prefeito Daniel, a nossa equipe tem feito o melhor em prol dos mais de 18 mil alunos da nossa rede. Já entregamos 12 reformas e devemos entregar várias outras até o final do ano. O objetivo dessa gestão é continuar investindo na educação para que Marília continue se destacando e sendo referência em todo o país,” explicou o secretário.

Segundo o prefeito, proporcionar esse benefício às famílias é uma forma de reverter os impostos dos munícipes em investimento na Educação. De acordo com informações do balanço realizado pela prefeitura, até julho de 2020 foram inauguradas cinco novas escolas, sendo quatro de ensino infantil (Emei) e uma de ensino fundamental (Emef) e reformadas e/ou ampliadas outras 12 das quais nove Emeis e três Emefs, atendendo a população de todas as regiões da cidade.

PREMIAÇÕES

Além da conquista da nota superior no Ideb, a Rede Municipal de Ensino de Marília coleciona prêmios. Em junho, a educação foi contemplada com o selo de Qualidade “Bom Percurso”, concedido pelo Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB) em parceria com a Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede), em reconhecimento aos bons resultados que o município tem apresentado no ensino fundamental.

Em maio, foi a vez da Emef Amaury Pacheco receber o Prêmio Crianças Mais Saudáveis da Fundação Nestlé em parceira com o Instituto Crescer para engajar educadores na promoção de novos hábitos nas escolas.  A escola apresentou o projeto “Melhor escolha na escola: melhor alimentação e recreação”, que propõe cuidados com o refeitório, implementação de horta nos espaços da escola e preparação de alimentos na cozinha experimental.

Em 2017, a fonoaudióloga Marília Seno, do Centro Escola Municipal de Atendimento Educacional Especializado, conquistou o primeiro lugar no concurso de melhor campanha da Fonoaudiologia Educacional do Brasil durante o XXV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia.

NOVOS PROJETOS

A pasta também implementou os projetos “Palavra Cantada” e “Jovens Empreendedores” que levou empreendedorismo, música e muito conhecimento para todos os alunos.

Nas gigantescas formaturas, crianças e professores eram usados politicamente para fazerem um espetáculo que muitos não curtiam, Daniel Alonso conversou com professores e servidores e instituiu as formaturas em cada unidade escolar, com direito à entrega de diploma e uso de beca.


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*