Últimas

Camarinha garante apoio e valorização aos servidores públicos municipais

Compartilhe

@assessoria de imprensa do candidato

Na sabatina realizada na noite de sexta-feira (16), pelo Sindimmar (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Marília) o candidato a prefeito Abelardo Camarinha (Podemos) falou das propostas que constam no seu plano de governo e principalmente da atenção que será dada aos servidores públicos, ativos e inativos.

Para Camarinha, a categoria foi totalmente prejudicada, além de ser perseguida, pelo atual governo municipal. “Os servidores formam uma parcela substancial da população mariliense, são 7 mil pessoas, mais de 2 mil aposentados, que merecem atenção especial, são pessoas que tocam os serviços realizados pela prefeitura. No nosso governo, vamos resgatar direitos retirados pelo atual prefeito, vamos rever benefícios, os servidores não podem mais ser castigados. Em 2020, não tiveram nenhum reajuste salarial, foram totalmente enganados pelo atual prefeito. Ele (Daniel) retirou a hora noturna dos vigias, as horas extras dos servidores”.

Camarinha estava acompanhado do candidato a vice-prefeito, o empresário Paulo Alves (Progressista) e a sabatina foi comandada pelo presidente do Sindimmar, José Paulino.

Para assuntos como Educação e Saúde, Camarinha destacou que são áreas prioritárias. “Fui prefeito por três oportunidades, tenho experiência e falo com propriedade e segurança sobre esses dois temas, porque, fui o prefeito que mais investiu nessas áreas. Abrimos creches, Emeis por todos os bairros e distritos, investíamos nos professores e diretores, com cursos e capacitações. Trabalho que resultou em diversos prêmios e no próximo mandato, vamos construir novas escolas nos bairros que surgiram, vamos trabalhar por unidades de tempo integral, pela volta de entidades que auxiliam as famílias no contraturno escolar, como a Casa do Pequeno Cidadão, Juventude Católica e Legião Mirim”, disse Camarinha.

Na Saúde, Camarinha revelou ter sido um crime o fechamento das farmácias nos postos de saúde, ainda, a falta de médicos especialistas e as filas por exames, como mamografia e Papanicolau, que levam até um ano. “A Saúde de Marília parou no tempo, investimentos são urgentes e principalmente para as famílias carentes e idosos. Onde já se viu, não ter remédios nos bairros? Quem mora no Centro, por exemplo, precisa ir até o bairro Santa Antonieta, na zona Norte e chega lá e não encontra. Havia também a promessa da entrega dos remédios nas casas, pura mentira e enganação. Vamos abastecer os postos, contratar especialistas e firmar novas parcerias para agilizar a fila por exames”.

Camarinha e Paulo Alves com diretores do Sindimmar

Nas redes sociais, a participação do Camarinha resultou em um recorde de mensagens e interação, moradores se manifestaram pedindo a volta do prefeito Camarinha. Ao final, ele assinou uma Carta Compromisso garantindo o programa de valorização dos servidores, a realização de cursos de aperfeiçoamento e atualização, metas voltadas para a saúde e segurança do trabalho, o combate ao assédio moral no trabalho, entre outras garantias.

Camarinha e Paulo Alves encabeçam a Coligação Reconstruir Marília, formada por 10 partidos: Podemos, Progressista, Republicanos, Avante, Solidariedade, PROS, PSC, PSB, DEM e Patriota e conta com 161 candidatos a vereador.


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*