Casos de coronavírus disparam em Marília após testagens na Penitenciária e cidade soma mais duas mortes pela Covid-19

Compartilhe

 ADILSON DE LUCCA
JORNAL DO POVO

Subiram para 4308 os casos positivos de coronavíus em Marília, conforme Boletim desta segunda-feira (26). O número de mortes pela Covid-19 subiu para 65, sendo um homem e uma mulher, ambos com 72 anos e portadores de doenças crônicas.

A secretaria municipal da Saúde atribui o crescimento dos casos positivos nos últimos dias á testagens feitas em detentos da Penitenciária de Marília e do Centro de Ressocialização, com a confirmação de mais de 60 casos do coronavírus nessas unidades.

MORTES PELA COVID-19

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, confirmou na manhã desta segunda-feira, dia 26 de outubro, mais duas mortes por Covid-19, chegando a 65 óbitos pela doença no município.
O primeiro óbito refere-se a um homem, de 72 anos, portador de doença cardiovascular crônica e pneumopatia crônica. Ele iniciou sintomas no dia 2 de outubro, com falta de apetite e paladar. Passou por atendimento na unidade de saúde do Liliana/Santa Antonieta lll no dia 9, onde coletou amostra para Covid-19. No dia 19 foi encaminhado para internação no HC, com vômito, saturação abaixo de 95% e confusão mental, falecendo no dia 24 de outubro. A Vigilância Epidemiológica do Município informa que só recebeu a comunicação do óbito na data de hoje (26).

A segunda morte é de uma mulher, de 72 anos, portadora de doença cardiovascular, hipertensão arterial e diabetes mellitus. Ela iniciou sintomas no dia 5 de outubro, com cefaleia, coriza e tosse. Passou por atendimento no PA Sul no dia 8 e coletou o exame Swab no dia 9, sendo reavaliada na UBS Nova Marília. No dia 15 de outubro retornou para o PA Sul, onde foi encaminhado para internação no Hospital da Unimar, devido a desconforto respiratório, febre, tosse, dispneia e saturação abaixo de 95%, indo a óbito no dia 25 de outubro.

A Vigilância Epidemiológica esclarece também que foi observado um número expressivo no aumento de casos positivos nos últimos dias, justificado pelo inquérito realizado pelo Instituto Butantan no presídio de Marília e no Centro de Ressocialização. Grande maioria foram considerados curados. Nenhum deles chegou a ser internado.

A Secretaria Municipal da Saúde lamenta a perda de mais duas vidas e se solidariza com os familiares, além de reforçar o alerta de cuidados com os idosos e portadores de doenças crônicas que, preferencialmente, devem ficar em casa durante esse período de pandemia.

Diretoria de Divulgação e Comunicação
Prefeitura de Marília

 


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*