Centro-Esquerda vence na Espanha e coloca país em uma nova era

Pedro Sanchez (PSOE) foi confirmado como primeiro-ministro do país em uma coalização com o Unidas Podemos, liderado por Pablo Iglesias
Marta Jara/El Diario

Pedro Sanchez (PSOE) e Pablo Iglesias (Podemos)

Deputadas e deputados da Bancada do PT na Câmara saudaram, nesta terça-feira (7), a confirmação de Pedro Sanchez (PSOE) como primeiro-ministro da Espanha e a formação do governo numa coalizão de centro-esquerda. O maior desafio do novo governo será taxar os mais ricos e diminuir os impactos da reforma trabalhista neoliberal feita pela direita na década passada.

A votação que garantiu a investidura de Sanchez foi apertada: 167 votos a favor, 165 contrários e 18 abstenções. O principal aliado do Partido Socialista Operário Espanhol no comando do Executivo será o Unidas Podemos, liderado por Pablo Iglesias.

O líder da Bancada do PT Paulo Pimenta (PT-RS), considerou a decisão uma grande novidade positiva para o mundo. “Grande dia para a Espanha e para o mundo! A marcha da história segue avançando com a afirmação dos direitos dos povos à dignidade! Parabéns PSOE e Podemos”, comemorou o líder no seu Twitter.

Na mesma rede, a deputada  Margarida Salomão (PT-MG) citou uma frase de Pedro Sanchez durante na qual ele chama de “coalizão do apocalipse” a alternativa que teria o Vox, partido de extrema-direita, na composição do governo. “Esta coalizão progressista é o melhor antídoto contra a coalizão do apocalipse”, disse o líder do PSOE. “Uma compreensão correta, válida para a Espanha, válida para um breve futuro no Brasil”, acrescentou a deputada.

Representante do Brasil no Parlamento do Mercosul, o deputado  Zeca Dirceu (PT-PR) também celebrou a notícia. “Confirmado o que já era previsto, a vitória da coalizão de esquerda na Espanha. Felicitaciones Pedro Sánchez, líder do PSOE, e Pablo Iglesias, líder do Podemos. Que as propostas progressistas desse novo governo levem aos espanhóis dignidade e esperança. ¡Adelante!”, escreveu o parlamentar paranaense.

União e esperança

“A união da esquerda na Espanha possibilitou a formação de um governo progressista que lutará por justiça social e preservação dos Direitos Humanos, um exemplo para o mundo na luta contra o fascismo”, declarou o deputado  José Guimarães (PT-CE).

“Hoje nasce um novo tempo de moderação, progresso e esperança. Para Espanha e para o mundo. Parabéns pela formação do governo de coalizão, Pedro Sánchez”, registrou o deputado  Henrique Fontana (PT-RS).

Para o deputado  Leonardo Monteiro (PT-MG), a Espanha “começa a avançar contra essa maré neoliberal e reacionária” que vem “destruindo países, atacando democracias e retirando direitos”. Monteiro também se disse confiante de que isso poderá ocorrer em breve no Brasil. “Uma frente de esquerda que traz esperança ao povo. Nossa hora também chegará! Venceremos o obscurantismo que nos cerca”, enfatizou o mineiro.

Por PT na Câmara

Compartilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
Instagram

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*