Coluna Social: Regina Helena + Glauco Toth “By Life”

Compartilhe

Cido e a mãezona Martinha

Dona Jandira mãe de minha amiga Maria Ivone Pandolfi

Porta Retratos: Lais Pentado

Preto e Branco: Viviane Souza Galvão

Zenaide dos Santos vive família

Valeria um exemplo de vida


Para Ler e Pensar
“A vida é perfeita, como toda a criação! É uma grande escola, onde o Professor nos ensina tudo o que precisamos aprender. O coronavírus veio pleno de oportunidades de erradicarmos o vírus do medo de estarmos a sós e olharmos para nós mesmos, isolados como sempre estivemos e jamais constatamos, porque estávamos sempre olhando para fora… e nós estávamos dentro.”
Carlos Alberto de França Rebouças Junior
(Fortaleza)


Mitsubishi 3000 GT, a Ferrari japonesa

No início dos anos 90, a Mitsubishi estava empenhada em modelos esportivos e lançou dois ícones do mercado automobilístico, o Eclipse e o super potente 3000 GT que ficou conhecido como a Ferrari japonesa.

Há muito o que dizer sobre o 3000 GT VR-4, mas uma palavra resume tudo: irresistível. Lançado em 1990, este japonês parece ter sido concebido sob influência mágica. Nele, os requintes tecnológicos trabalham com tanta harmonia que chegou a ser revolucionário na época do seu lançamento.

O motor dianteiro transversal era um 3.0 DOHC V6, Bi Turbo que produzia 300 cv, acelerando de 0 a 100 km/h em apenas 6 segundos com velocidade máxima de 216 km/h.

A suspensão era outro ponto forte desse “foguete” japonês. Regulável por um botão no painel, ela ficava soft ( macia) ou Sport ( dura) de acordo com as exigências do motorista, sempre absorvendo as irregularidades do solo sem transmiti-las para a carroceria, valorizando o conforto.

O Mitsubishi também não ficava devendo no quesito conforto e segurança. Era equipado com duplo air bag, painel bonito e de fácil leitura, rádio com toca fitas e CD Player com controles no volante, ar condicionado, computador de bordo com tela colorida, bancos em couro e rodas de liga leve de 18 polegadas.

Em 1990, custava no Brasil 110 mil dólares, assim se tornando um carro exclusivo, pouco visto nas ruas e valorizado até os dias atuais. Existem raríssimas unidades disponíveis para venda no mercado de usados, custando entre 90 e 120 mil reais.

Mitsubishi 3000 GT, o esportivo que encantou o mundo, sendo comparado a Ferrari e que na cor preta lembrava o Bat Móvel, deixou saudades nos apaixonados por carros.

© crédito das fotos: site www.automoveisnaweb.com.br



Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*