Coluna Social: Regina Helena + Glauco Toth in By Life  

Compartilhe


Casal Destaque: Leda e Júlio


Porta Retrato: Jose Roberto, Rosinha (Lierre) , Arlete, Regina Helena, Catharina Edna


Adriano Cavalieri e o filho Leonardo


Só Sorrisos: Ruhanyta e André Zequini Jr com Andrézinho (crédito foto: Marlene Della Torre)


Júnior e Paula (crédito foto: Marlene Della Torre)


Flávia Cavalcante Rebêlo, apresentadora e jornalista de televisão, Miss Brasil, representando o Ceará quando tinha dezenove anos. No Miss Universo em 1989, ganhou o prêmio de melhor traje típico. Hoje, Flávia é apresentadora oficial dos eventos da LIDE Empresarial que reúne os empresários mais evidentes de São Paulo e do Brasil. (Assessoria Ovadia Saadi)

 



Para Ler e Pensar

Reflita Um pássaro pousado em uma árvore nunca tem medo de que o galho se rompa. Porque a sua confiança não está no galho e sim em suas próprias asas. ☆ Acredite sempre em si mesmo. (Teruko Kanto)



Renault Kwid elétrico

O Kwid, carro de entrada da marca francesa Renault no Brasil, terá a sua inédita versão elétrica lançada na China este ano e pelo que tudo indica, não demorará a chegar por aqui.

Esse Kwid elétrico será produzido inicialmente na China, na fábrica que a Renault abriu em parceria com a Dongfeng, na cidade de Wuhan, a partir do segundo semestre deste ano, se o surto do coronavirus permitir.

O plano da empresa é fazer o carro na China e vendê-lo em qualquer país em que faça sentido dispor de um automóvel urbano, robusto, espartano e elétrico, a preços sedutoramente baixos aonde nenhum carro elétrico chegou até hoje com potencial para dar um impulso populista nas vendas dos carros elétricos em várias partes do mundo, com seus 3,73 metros de comprimento, cinco lugares, 300 litros de volume do porta malas e uma autonomia média de 250 quilômetros. Tudo isso por um preço abaixo dos 15 mil Euros ou 75 mil Reais, sem levar em conta eventuais incentivos fiscais concedidos por governos em alguns países, o que pode tornar a proposta ainda mais interessante para o consumidor.

Quanto ao desempenho, não espere nenhum milagre, já que, o motor elétrico tem apenas 33 kw ou 44 cv, que vai bem na cidade, mas deixa a desejar em rodovias com sua velocidade máxima de 105 km/h.

Dessa forma, o Kwid elétrico será uma aposta promissora da Renault na categoria de elétricos onde a montadora já dispõe no Brasil do Zoe, importado da França, mas custando os salgados 150 mil reais e que não vende tão bem por aqui.

 


Compartilhe

UM comentário

  1. Maravilhosa a reflexão desta semana. Que aprendamos a confiar em nossas próprias “asas”!!! Nossa amiga Teruko Kanto é de sensibilidade ímpar, tanto quanto a colunista que a cita!!!!

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*