Últimas

Com prefeito da cidade ausente, reunião de Comitê de Enfrentamento à Covid deixa “decisão sobre o caos” para semana que vem

Compartilhe

COM PREFEITO DA CIDADE AUSENTE, REUNIÃO DO COMITÊ DE ENFRENTAMENTO À COVID POSTERGA DECISÃO SOBRE O CAOS QUE ATINGE MARILIA. SEMANA QUE VEM VAMOS VER O QUE FAZER, TERIA DITO UMA IMPORTANTE AUTORIDADE. ENQUANTO ISSO, AS MORTES PASSAM DE CEM E OS INFECTADOS SE APROXIMA DOS 10 MIL.  VICE-PREFEITO CICERO DO CEASA FOI RESPONSÁVEL E COMPARECEU À REUNIÃO BEM COMO OS DEMAIS PARTICIPANTES QUE NÃO SE OMITIRAM AO CHAMADO DO DEVER QUE LHES É NATO (N.R.)


MATÉRIA ADIANTE DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA
Alta taxa de ocupação de leitos UTI Covid fez a Regional de Marília voltar à Fase Laranja

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 (Novo Coronavírus) da Prefeitura de Marília reuniu-se pela 26ª vez na tarde desta sexta-feira, dia 8 de janeiro, por videoconferência, e decidiu que irá analisar a reclassificação do Plano São Paulo, anunciada no início da tarde desta sexta, que colocou a Regional de Marília na Fase Laranja do Plano São Paulo.
Como os membros do Comitê, bem como as equipes técnicas da Prefeitura, Secretaria Municipal de Saúde, Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, além da Divisão de Fiscalização de Posturas, tiveram pouco tempo desde o anúncio da 17ª atualização do Plano até o momento do encontro, ficou definido que uma nova reunião do Comitê irá acontecer nesta terça-feira, dia 12 de janeiro, a partir das 14h30, para que as deliberações possam ser tomadas de forma mais acertiva. Até lá não haverá mudanças com relação ao funcionamento do comércio em geral.
O encontro desta sexta-feira (8) foi comandado pelo secretário municipal da Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior; e contou com as presenças também do vice-prefeito Cícero do Ceasa, que representou o prefeito Daniel Alonso; do presidente da Câmara, Marcos Rezende; do supervisor da Vigilância Sanitária, Luciano Rocha Villela; e do secretário municipal da Administração, Coronel Marcos Boldrin.
Outros membros do Comitê participam do encontro na forma remota (vídeo), sendo que a grande preocupação no momento é a taxa de ocupação de leitos UTI Covid, que nos últimos dias variou entre 94% e 100%.
Essa taxa de ocupação foi determinante para que a Regional de Marília fosse reclassificada para a Fase Laranja – antes estava na Fase Amarela, que permite uma flexibilização maior das atividades comerciais.
“Essa mudança no critério de avaliação do Plano São Paulo, que baixou a taxa de ocupação de leitos UTI Covid de 75% para 70% prejudicou a DRS de Marília na reclassificação feita nesta sexta-feira, mas estamos cientes do momento complicado que estamos passando. Por isso, vamos nos reunir novamente na terça-feira para que o Comitê possa deliberar as ações que forem mais apropriadas para o momento”, afirmou Cássio Luiz Pinto Júnior.
O vice-prefeito Cícero do Ceasa pediu que a população siga as regras sanitárias para que Marília melhore seus indicadores de saúde. “É fundamental que a população faça a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel, utilizem a mascara e, principalmente, evitem aglomerações. Precisamos ter essa consciência para que Marília volte a ter uma situação mais cômoda durante esse período de pandemia.”
Após a reunião da terça-feira, as autoridades estarão à disposição também da imprensa, sendo que a coletiva irá acontecer a partir das 16h30.

Fotos: Assessoria de Imprensa PMM


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*