Últimas

Dado alarmante: só 28% de crianças até 1 ano foram vacinadas

Compartilhe

Prefeitura divulga balanço da campanha
de vacinação contra gripe até esta quinta

Puérperas (parturientes com até 45 dias) registram o menor índice de vacinados, com apenas 16,08%

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa o balanço da Campanha de Vacinação contra a Gripe até a última quinta-feira, dia 20. Do público alvo da vacinação, apenas profissionais de Saúde e idosos com mais de 60 atingiram os 100% de imunização.
Entre os outros considerados públicos da campanha os índices de pessoas vacinadas foram os seguintes: Pessoas com comorbidades 61,66%; professores das redes estadual e municipal de ensino 42% ; crianças na faixa etária entre seis meses e um ano 28,78%; gestantes 26,31%; adultos com idades entre 55 e 59 anos 26,21%; e puérperas (parturientes com menos de 45 dias) apenas 16,08% foram vacinadas.
A vacinação termina no dia 5 de junho e está aberta para professores das redes pública e privada e pessoas com idades entre 55 e 59 anos. Isto não impede que as pessoas que perderam o prazo nas outras fases possam ser vacinadas também.
Para isso basta procurar um posto de vacinação com os documentos necessários para cada etapa, documento de identidade, carteira de vacinação (para o caso das crianças de seis meses a seis anos) documento que comprove a profissão, e para as pessoas que têm comorbidades um documento que comprove esta situação.
Juliana Carvalho Bortoletto, enfermeira da Sala de Vacina do Município, explica que a vacina não protege do Covid-19, mas sim de vários outros tipos de vírus cujos sintomas podem ser parecidos. “A vacina é composta por vírus inativado e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Ela, porém, não tem efeito para o novo coronavírus”.
Em virtude da pandemia do coronavírus, algumas unidades de saúde estão atendendo apenas pessoas com síndrome respiratória. Por isso a vacinação contra a gripe está sendo feitas nas seguintes unidades: UBS Planalto, USF Santa Augusta, USF CDHU/São Bento, USF Santa Paula, USF Marajó, USF Argolo Ferrão, UBS Alto Cafezal, UBS Chico Mendes, UBS Bandeirantes, UBS São Judas, USF Altaneira, USF Jânio Quadros e UBS Santa Antonieta, Santa Antonieta III e Liliana.
Para a população da zona rural e dos distritos, as vacinas acontecem nas seguintes unidades: USF Amadeu Amaral, USF Flamingo, USF Avencas, USF Lácio, USF Dirceu, USF Santa Helena, USF Rosália, USF Nóbrega, USF Vida Nova Maracá e USF, Padre Nóbrega I e II.
O prefeito Daniel Alonso reforça a pedida população alvo da vacina que procurem um posto de vacinação, a vacina contra gripe, “É muito importante neste momento porque os sintomas da gripe muitas vezes se confundem com os sintomas da Covid-19, e se a pessoa está vacinada fica mais fácil o diagnóstico pela equipe medica da rede de saúde”, disse o chefe do Executivo.

Fotos: Arquivo PMM


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*