DOENÇAS RARAS: Saúde constrói documento para orientar diagnóstico e tratamento da HPN

 

Está aberta até a próxima sexta-feira consulta pública para receber contribuições de pacientes, profissionais de saúde e pesquisadores para definir a assistência no SUS a pessoas com HPN

Existem cerca de 8 mil tipos de doenças raras no mundo, muitas delas ainda sem informações científicas que apontem causas, sintomas e tratamento. Elas afetam um número reduzido de pessoas: cerca de 65 em cada 100 mil pessoas. Para cuidar bem dos cidadãos que possuem algum tipo dessas doenças, o Ministério da Saúde publica protocolos que orientam médicos e outros profissionais da saúde sobre o diagnóstico, tratamento e reabilitação para cada caso. O mais novo protocolo em construção é para Hemoglobinúria Paroxística Noturna (HPN), doença rara que afeta o sistema sanguíneo. Pacientes, profissionais de saúde, entidades médicas e pesquisadores podem participar desta construção e enviar contribuições até a próxima sexta-feira (27).

Leia o conteúdo na íntegra em saude.gov.br

Compartilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
Instagram

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*