Últimas

Eleitores de Padre Nóbrega, Maracá e Montana terão transporte para cadastramento biométrico

Compartilhe

Karina Marcussi Gomes, chefe do Cartório da 70ª Zona Eleitoral.

 

Ônibus, com 46 lugares, irá levar eleitores de 5 a 8 de novembro para o cadastramento biométrico no Cartório Eleitoral

 

Os eleitores do distrito de Padre Nóbrega e dos bairros Vida Nova Maracá e Montana terão transporte gratuito para realizarem o cadastramento biométrico, que é obrigatório em Marília para as eleições do próximo ano.

O ônibus, que tem capacidade para 46 lugares, estará à disposição dos eleitores de Nóbrega, Maracá e Montana nos dias 5, 6, 7 e 8 de novembro, com saída às 8h30 destes locais.

Os eleitores de Padre Nóbrega deverão comparecer na praça central do distrito neste período e horário. No Maracá a saída será na USF (Unidade de Saúde da Família) Vida Nova, que fica na rua Ricardo da Silva, 535; e no Montana na Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Clara Luz, localizada na rua Valdir Bento Félix, 409.

“Como se trata de bairros distantes, a Justiça Eleitoral, em parceria com a Prefeitura de Marília, estará disponibilizando esse transporte gratuito durante quatro dias para que os eleitores venham até o Cartório Eleitoral e façam o cadastramento biométrico, ficando assim com situação regular e aptos a votarem nas eleições do próximo ano”, disse Karina Marcussi Gomes, chefe do Cartório da 70ª Zona Eleitoral.

Os eleitores de Marília, que ainda fizeram a biometria, devem comparecer ao Cartório Eleitoral, que fica na avenida Brasil, 440, esquina com a rua Paraná, na região central da cidade, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, impreterivelmente até o dia 19 de dezembro.

Além disso, haverá plantões aos sábados, domingos e feriados nas seguintes datas e horários: dia 9 de novembro (das 8h às 13h), 15 de novembro (das 8h às 14h), 30 de novembro (das 8h às 14h), 1º de dezembro (das 8h às 14h), 7 de dezembro (das 8h às 13h), 8 de dezembro (das 8h às 14h), 14 de dezembro (das 8h às 14h) e 15 de dezembro (das 8h às 14h).

BALANÇO

Até esta quarta-feira, dia 30 de outubro, 70% dos eleitores marilienses (123.279) já realizaram o cadastramento biométrico obrigatório. Os restantes 30% (52.727 eleitores) terão que fazer a biometria até o dia 19 de dezembro, sendo que este prazo não será prorrogado.

Quem não fizer o cadastramento biométrico, não poderá votar na eleição do próximo ano e terá o título eleitoral bloqueado, o que traz consequências para o eleitor, tendo o CPF suspenso, não podendo realizar empréstimos em bancos públicos, nem tomar posse em cargos públicos e não tirar passaporte. Além disso, se o eleitor for servidor público, pode ter suspenso o pagamento de salários.

 

Fotos: Mauro Abreu/Assessoria de Imprensa PMM


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*