Exclusivo : Emdurb segue com licitação para implantar radares

A foto mostra o interior do Tribunal de Contas do Estado, onde nesta quinta-feira, o presidente da Câmara, Delegado Damasceno, perdeu queda de braço com a prefeitura de Marília, levando a melhor o prefeito Daniel Alonso, na ação que pedia a suspensão da licitação de contratação dos radares na cidade. A ação foi proposta pelos procuradores da Câmara. Mais uma vez, o procurador da prefeitura, Alysson Alex Souza e Silva, possibilitou o embate favorável ao município. TCE não concedeu liminar ao pleito da Câmara e mandou o pedido ao setor técnico da instituição. A liminar que se pretendia caiu por terra.

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*