Últimas

Exposições itinerantes retratam amamentação durante “Agosto Dourado”

Compartilhe

 

Paço municipal, Biblioteca Municipal, Hospital das Clínicas e Materno Infantil são alguns dos locais de exibição

Parceria entre as secretarias municipais de Cultura e Saúde, por meio do Banco de Leite Humano de Marília, apresenta na cidade uma série de exposições itinerantes com o tema amamentação. A atividade faz parte da programação do “Agosto Dourado”, mês dedicado ao incentivo ao aleitamento materno.

Parte dos registros, sob o olhar e lentes do fotógrafo Wellington Oliveira dos Santos, o Índio, foi exposta durante uma semana no térreo do Paço Municipal. A mostra composta por fotos em preto/branco e coloridas segue agora para a Famema (Faculdade de Medicina de Marília) para exibição no Hospital das Clínicas e Materno Infantil.

Com formação acadêmica na área de Design Gráfico e pós-graduado em Arte Terapia, Índio amplia sua paixão pela fotografia com as imagens artísticas, que buscam captar sentimentos. Ele conta que a escala de cinza, variando da luz total ou ausência dela tem como inspiração o fotógrafo Sebastião Salgado, que se notabilizou pela denúncia social.

“Gosto de ir na contramão do convencional. A foto em preto e branco capta a alma, segundo o Sebastião Salgado. Eu concordo com ele. Vejo mais expressão, praticamente o sentimento da pessoa na imagem”, afirma, sobre o “Projeto Gráfico Amamentar”.

Entre os modelos, os próprios familiares e amigos, em momentos ternos de amamentação, bebês de 12 dias a 19 meses e gestantes, em figurinos de tecidos esvoaçantes. “Este foi um recurso para valorizar a cor, gerar contraste e dar mais destaque às personagens”, destacou.

SENSIBILIDADE

As mostras também acontecem na Biblioteca Municipal, com a exposição “Amamentar é Doar Amor”, de Amanda Porto, aluna de Comunicação Social da Unimar. As fotos fazem parte do acervo da Secretaria da Cultura, resultado de uma parceria entre a pasta e a estudante, que fotografou mães do Projeto GAPH (Grupo de Apoio ao Parto Humanizado), trabalho voluntário para Semana Mundial do Aleitamento Materno.

O trabalho é organizado pelo Assessor de Cultura Paulo Lúcio e conta ainda com os cliques da estudante Michele Rodrigues, estagiária da pasta e aluna em curso de graduação de Marketing.

Durante quatro dias, sob orientação do Banco de Leite Humano, ela percorreu a cidade e visitou várias mamães, flagrando momentos de amamentação e afeto. Outros fotógrafos também tem se envolvido no trabalho, que poderá resultar em mostra única, com todos os trabalhos, para encerrar o Agosto Dourado.

A supervisora do Banco de Leite, Sandra Domingues, agradeceu o apoio da secretaria de Cultura e lembrou a importância da amamentação. “Todas estas ações têm como objetivo sensibilizar as pessoas para a importância do leite materno. É fundamental que a criança seja amamentada até os dois anos de vida, ou mais, para a sua nutrição, imunidade e desenvolvimento”, disse.

Mais informações sobre as mostras podem ser obtidas junto à Secretaria Municipal da Cultura, por meio do telefone (14) 3402-6600, com Paulo.

 

 

Fotos: Júlio César de Carlis / Divulgação

Exposição do fotógrafo ‘Índio’ no saguão da Prefeitura; próximo destino é Famema

 

Fotos: Divulgação

Biblioteca Municipal recebe mostra feita com a dedicação e talento de acadêmica de Comunicação

 

Fotos: Michele Rodrigues

Fotógrafa percorreu a cidade e visitou várias mamães, flagrando momentos de amamentação e afeto


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*