Grupo de mulheres contra Bolsonaro reúne mais de 700 mil no Facebook

fonte: www.sul21.com.br

 

O grupo do Facebook “Mulheres unidas contra Bolsonaro”, criado nos últimos dias para expressar oposição ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), já conta com mais de 700 mil integrantes. Segundo a descrição, o grupo é destinado a unir as mulheres brasileiras “contra o avanço e fortalecimento do machismo, misoginia e outros tipos de preconceitos representados pelo candidato Jair Bolsonaro e seus eleitores”.

Destinado apenas a mulheres, incluindo mulheres transexuais, o grupo tem como regra não permitir nenhum tipo de discurso de ódio ou bullying. As integrantes criaram inclusive um filtro para colocar nas fotos de perfil com os dizeres “mulheres contra o fascismo”. A quantidade de participantes tem crescido exponencialmente, com mais de 300 mil novas integrantes entre esta segunda (10) e terça-feira (11).

Os eleitores de Bolsonaro são majoritariamente homens, segundo as pesquisas eleitorais, mas a Datafolha divulgada nesta segunda-feira (10) indicou um aumento da intenção de votos de mulheres no candidato, com oscilação de 14% para 17%.

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*