Imprensa europeia diz que discurso de Bolsonaro foi “inacreditável” e destaca panelaços

O jornal francês Le Monde acusa Bolsonaro de “minimizar os riscos” da pandemia enquanto um terço da população mundial é colocada em confinamento
Reprodução

Jornais europeus que acompanharam o discurso de Jair Bolsonaro minimizando o coronavírus destacaram nesta quarta-feira (25) que presidente fez declarações “contraditórias” e “inacreditáveis”. Parte da imprensa também comentou sobre os panelaços contra o presidente brasileiro após o pronunciamento.

O jornal francês Le Monde, por exemplo, disse que Bolsonaro “minimiza os riscos relacionados à pandemia da Covid-19 ao criticar as medidas tomadas em diversas cidades e Estados do país, em um momento que um terço da população mundial é colocada em confinamento”.

britânico The Guardian destacou que Bolsonaro disse que, por seu passado como atleta, “nada sentiria” se fosse contaminado pelo vírus. A reportagem disse que declarações do presidente são “incendiárias” e que discurso gerou panelaços em diversas cidades do país.

Já o jornal espanhol El País acusou Bolsonaro de ser “o pior caso” entre os presidentes da América Latina a lidar com a pandemia. Para o jornal, o ex-capitão está mais preocupado com a briga política entre governadores do que com os riscos da pandemia.

Por Revista Fórum

Compartilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
Instagram

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*