Inédito: Prefeitura introduz mel e reforça merenda escolar na rede de ensino

Inédito: Prefeitura introduz mel e reforça merenda escolar na rede de ensino

Desdea última  quarta-feira (8) a merenda escolar de Marília, tanto na rede de ensino municipal como na estadual, conta também com o mel fazendo parte do cardápio servido nas unidades escolares do município – mais de 100 escolas estarão recebendo o produto.

O mel é um produto aprovado dentro do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) do governo federal e foi possível a introdução na merenda escolar graças à parceria da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com a Amar (Associação dos Apicultores de Marília e Região).

mel1A prefeitura destacou a qualidade da merenda escolar de Marília. “A merenda é de ótima qualidade e, desde que implantamos a entrega ponto a ponto nas escolas, não tivemos mais problemas. A entrega é feita diretamente nas escolas e de forma pontual. Agora o mel também será introduzido, sendo mais um item de qualidade nutricional importante para as crianças. Agradeço à Amar pela confiança e só tenho que parabenizar o trabalho de todos os apicultores de Marília e região.”

O secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Odracyr de Oliveira Capponi, explicou a opção pelo mel. “Por meio do PNAE, optamos pelo mel para prestigiarmos os apicultores de Marília e região. Agradeço ao prefeito Daniel por nos apoiar nesta iniciativa e temos certeza que fizemos uma boa opção, já que o mel foi aprovado pelas nutricionistas da Secretaria Municipal da Educação.”

A nutricionista Cláudia Silvana de Campos, da Secretaria Municipal da Educação, destacou a importância do mel para as crianças. “Já a partir dos três anos de idade o mel pode ser consumido. Trata-se de um produto natural, rico em vitaminas e que atua também na parte funcional e medicinal. Vai ajudar como alimento preventivo de gripes, atua também como anti-inflamatório e auxiliar no desenvolvimento gastrointestinal. É sem dúvida mais um ganho para a qualidade da merenda escolar de Marília.”

mel3Atualmente a Amar, presidida por Fernando Mauro Lopes Ferreira, conta com mais de 70 produtores associados, sendo que 13 deles estarão fornecendo o mel para a merenda escolar.

A primeira entrega do produto nas escolas foi realizada nesta terça-feira (7) à tarde na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Governador Mário Covas, no bairro Santa Antonieta, zona norte da cidade.

HORTIFRUTI

Também no setor de hortifruti, a Prefeitura apoia os produtores marilienses, por meio de parceria com a Coophomar (Cooperativa de Produtos de Hortifruti de Marília), que existe há mais de cinco anos e conta com cerca de 80 agricultores familiares cooperados.

mel6Todos os produtos de hortifruti servidos na merenda escolar de Marília são produzidos pelos associados da Coophomar, que tem como presidente Hélton Aparecido Bittencourt e como gerente Fernando Felício de Campos.

Os produtos são entregues semanalmente – às terças e quartas-feiras – para mais de 100 escolas e cerca de 15 entidades assistenciais.

Entre os itens produzidos estão tomate, abobrinha, mandioca, alface, cheiro verde, repolho, chuchu, chicória, espinafre, pepino, cenoura, beterraba, cabotiá, couve, batata doce, laranja, mamão, banana nanica e melancia, entre outros.

“A força da agricultura familiar de Marília, com estes produtos, está sendo valorizada pela Prefeitura, por meio da administração Daniel/Tato. Só tenho que agradecer o apoio que os agricultores familiares estão recebendo”, afirmou Capponi.

mel4mel5mel7

 

Fotos: Mauro Abreu/Assessoria de Imprensa PMM

 

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*