Isolado, Doria não terá apoio de Skaf, Marinho e caciques do PSDB

Adriano Machado/Reuters: <p>Doria é visto no PMDB e em parte do DEM como um potencial candidato à Presidência em 2018</p>

Ambições do ex-prefeito de São Paulo podem esbarrar na falta de aliados no segundo turno da disputa estadual; Paulo Skaf e Luiz Marinho, terceiro e quarto colocados na disputa ficarão longe do tucano, que enfrenta ainda um racha dentro de seu próprio ninho, onde foi chamado de traidor por Geraldo Alckimin

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*