Últimas

Juventude bate o Figueirense de virada no último minuto e segue vivo na busca do acesso

Compartilhe


Aos 39 minutos do segundo tempo, gol do Figueirense. Para os incrédulos, estava sacramentada a derrota alviverde. Porém, o que parecia uma frustante despedida da Série B, acabou se transformando numa virada heroica e, quem sabe, histórica. No último lance, aos 49 minutos do segundo tempo, o Juventude venceu o Figueirense de virada por 2×1 e manteve vivo o sonho de acesso para a Série A. A partida ocorreu na tarde de sexta-feira (22/01), no estádio Alfredo Jaconi. Bambam e Rogério garantiram a vitória Alviverde. Com o resultado, o Verdão chega aos 58 pontos e retorna, momentaneamente, ao G4.

O jogo.

Não foi fácil. Foi na raça, na garra, na superação e apenas nos minutos finais de partida. O Juventude dominou o Figueirense nos primeiros 45 minutos e criou boas chances de gol. Logo aos dois, Grampola girou bem sobre a marcação e finalizou. Rodolfo fez a defesa. Aos seis, Helder recebeu na ponta e fez o cruzamento, mas a zaga apareceu na hora para mandar para escanteio. Aos 17, Everton se livrou da marcação na área e tentou de esquerda. O goleiro caiu para ficar com ela.

Melhor no jogo, o Ju seguiu pressionando com intensidade. Aos 33, a melhor oportunidade do primeiro tempo. Matheuzinho recebeu na área e chutou de esquerda. A bola carimbou o travessão. Everton tentou no rebote, mas Rodolfo ficou com ela. Um minuto depois, Cajá recebeu na esquerda e cruzou na medida. Matheuzinho antecipou a marcação e acertou de cabeça, mas a bola subiu demais.

Nas poucas chegadas do Figueirense na primeira etapa, Marcelo Carné mostrou segurança nas defesas. Aos 38, foi a vez de Gabriel Bispo. O volante bateu falta da intermediária, a bola desviou na barreira e saiu pela linha de fundo, passando perto. Aos 41, Cajá abriu na esquerda para Everton. O camisa onze ajeitou e soltou a bomba, para defesa firme do goleiro.

Com o placar zerado no primeiro tempo, as emoções ficaram reservadas para a segunda etapa. E o Ju mostrou que buscaria a vitória desde os primeiros minutos. Aos três, Cajá fez o cruzamento e Grampola mandou de cabeça. Rodolfo ficou com ela. Aos 14, Grampola escorou para Rogério, que chegou finalizando. O goleiro caiu para defender. Aos 23, Bispo fez o passe para Everton, que arriscou a finalização, para mais uma defesa de Rodolfo.

Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude

O Ju seguiu em cima e pressionando. Aos 34, Bochecha lançou para Hélder, que fez o cruzamento. Rogério subiu para cabecear e a bola saiu raspando o travessão. Um minuto depois, Bambam recebeu na área e mandou para o fundo do gol, mas o árbitro assistente assinalou impedimento.

Mesmo melhor na partida, o Verdão acabou sofrendo o gol aos 39, em lance absolutamente irregular. Erison recebeu cruzamento, após a bola ter saído quase meio metro pela linha de fundo, e inaugurou o marcador. 0 x 1. Mas, o Verdão não desistiu. Aos 43, Bambam foi lançado no ataque, a bola encobriu o goleiro e sobrou livre para o atacante deixar tudo igual. No último lance, aos 50 minutos, Roberto cobrou escanteio e Rogério, de cabeça, virou o placar. 2×1 emocionante e vitória fundamental para seguir em busca do acesso.

O próximo compromisso Alviverde é longe de casa. Na próxima sexta-feira (29), às 21h30, o Juventude enfrenta o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*