Ministério da Defesa espera 1,8 milhão de inscrições para o Serviço Militar

  • Brasília
Maiana Diniz – Repórter da Agência Brasil

Jovens brasileiros do sexo masculino que nasceram no ano 2000 têm até 30 de junho de 2018 para fazer o Alistamento Militar Obrigatório. O Ministério da Defesa espera que 1,8 milhão de cidadãos façam o alistamento este ano e que cerca de 100 mil sejam incorporados a organizações militares da Marinha, do Exército ou da Aeronáutica para o serviço militar.

A partir deste ano, quem tiver inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF) poderá fazer o alistamento para o Serviço Militar Obrigatório pela internet, por meio da página www.alistamento.eb.mil.br. Após cumprir essa etapa, os inscritos poderão acompanhar o processo seletivo por meio do site, podendo ser encaminhados à seleção geral ou serem dispensados.

Os rapazes que completam 18 anos em 2018 e que ainda não têm CPF, ou que têm dificuldade de acesso à internet, devem procurar a Junta de Serviço Militar (JSM) mais próxima de sua residência. É preciso apresentar os originais de um documento de identificação (certidão de nascimento ou carteira de identidade ou de motorista ou de trabalho), duas fotos 3×4 recentes e comprovante de residência. Os que moram no exterior devem procurar consulados ou embaixadas do Brasil para fazer a inscrição.

O Alistamento Militar é obrigatório. Quem não fizer terá que pagar multa, além de ficar impedido de tirar passaporte, ingressar no serviço público, obter carteira profissional, ser matriculado em qualquer estabelecimento de ensino ou receber qualquer prêmio.

Edição: Luana Lourenço

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*