Morre o pecuarista Vadão Borghetti, que foi atacado por abelhas no Distrito de Lácio

Compartilhe

com Jornal do Povo

O pecuarista Evaldo Beluci Borghetti, de 51 anos, morreu nesta sexta-feira (31), após um período de internação e tratamento na UTI por picadas de abelhas.

Ele trabalhava em uma propriedade no Distrito de Lácio, com um trator, quando se chocou contra uma colmeia e foi atacado. Socorrido, foi encaminhado ao Hospital das Clínicas de Marília, onde recebeu tratamento, teve o estado agravado, foi transferido para a UTI e veio a óbito, hoje.

Vadão, como era conhecido, residia e integrava tradicional família ramificada no Distrito de Lácio. O velório será neste sábado (1°), a partir das 7h na sala 5 e o sepultamento está marcado para as 13h30.


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*