Últimas

Prefeito Daniel: + 16 pedágios, incluindo Garça/Vera Cruz e Oriente/Pompéia

Compartilhe

Prefeito Daniel Alonso participa da apresentação da Eixo SP e
já pede prioridade nas obras solicitadas para o contorno de Marília

Obras em todo o lote terão início já nesta quinta-feira, dia 4, e irão contemplar 62 municípios do Estado de São Paulo

O prefeito Daniel Alonso participou na manhã desta terça-feira, dia 2 de junho, por videoconferência, da apresentação da Concessionária Eixo SP sobre o investimento de R$ 13,7 bilhões que será feito no chamado Lote Pi-Pa (Piracicaba-Panorama), que envolve 1.273 quilômetros, abrangendo 62 municípios do Estado de São Paulo e total de 12 rodovias, inclusive a Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294).
O contrato de concessão é válido por um período de 30 anos e o trecho é considerado a maior malha rodoviária lá licitada no Brasil, cujo vencedor do processo licitatório realizado pelo governo estadual foi a Concessionário Eixo SP.
A apresentação foi feita pelo diretor presidente da Eixo SP, Sérgio Santillan, que também comanda a Entrevias, concessionária da SP 333, e contou com a participação também do secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, além de diversos outros prefeitos.
Daniel Alonso enviou perguntas a Sérgio Santillan durante a apresentação, que foram prontamente respondidas. “Queríamos saber se as obras a serem realizadas no trecho de Marília que solicitamos nas audiências públicas englobariam a nossa Rodovia do Contorno e o Sérgio confirmou, inclusive com algumas a construção de algumas marginais e passarelas. Foi um encontro positivo e bastante esclarecedor para todos.”
As obras serão realizadas em sete anos, mas terão início já nesta quinta-feira, dia 4, divididas em cinco frentes – Pavimento (operação tapa-buracos, correção de depressões, selagem de trincas, reparos superficiais, fresagens e eliminação de degrau); Faixa de Domínio (remoção de detritos, poda do revestimento vegetal, limpeza geral e recuperação de erosões); Drenagem (desobstrução de elementos de drenagem superficial, reparos, colocação de grelhas e tampas de caixa de captação); Contenção Viária (reparação ou substituição, recomposição de defensas e balizadores dos encontros de OAE); e Sinalização (reparação ou substituição de placas, limpeza, recuperação de sinalização horizontal e restauração de dispositivos delimitadores).
NÚMEROS GERAIS
Para realização das obras, a Eixo SP dividiu os 1.273 quilômetros em quatro regionais: São Pedro, Itirapina, Marília (trecho de 292 quilômetros) e Martinópolis.
As 12 rodovias que receberão investimentos são as seguintes: SP-304, SP-308, SP-191, SP-197, SP-310, SP-225, SP-261, SP-293, SP-331, SP-294 (Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros), SP-284 e SP-425.
Já a partir desta quinta-feira serão gerados 2.031 empregos diretos, além de mais 1.242 indiretos entre empresas de guincho, serviços médico e resgate, conservação viária, limpeza e zeladoria, entre outros serviços. No geral, a estimativa é a geração de mais de 5.000 empregos.
O projeto prevê 450 quilômetros de duplicação (357 deles em sete anos), 85 quilômetros de duplicação simplificada , 143 quilômetros de novas pistas, 72 quilômetros de contornos e 23 quilômetros de marginais; além de 144 dispositivos de entroncamento, 32 passarelas, 97 quilômetros de ciclovias, 238 pontos de ônibus e 286 quilômetros de novos acostamentos.
A concessionária irá utilizar 89 veículos operacionais, sendo 28 ambulâncias básicas, quatro ambulâncias UTI, 14 guinchos leves, seis guinchos pesados, sete caminhões boiadeiro e sete caminhões pipa.
Ao longo dos 1.273 quilômetros haverá 21 pedágios, sendo cinco já existentes e outros 16 a serem implantados. No trecho entre Bauru-Marília haverá duas praças de pedágio: nos Km 367 (antes do acesso a Bauru) e Km 426 (entre Garça e Vera Cruz). Outro pedágio mais próximo a Marília ficará no Km 477, entre Oriente e Pompeia.

Fotos: Julio Cesar de Carlis


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*