Prefeito Daniel reestrutura rede de saúde para combate ao coronavírus

Compartilhe

Prefeito Daniel Alonso apresenta reestruturação
da Rede de Atenção Básica ao Comitê

Encontro definiu ainda parceria para produção de EPIs, apresentação do novo secretário da Saúde e descartou momentaneamente montagem de hospital de campanha

A terceira reunião do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19 (Novo Coronavírus), criado pelo prefeito Daniel Alonso no último dia 27 de março, realizada na manhã de sexta-feira, dia 3 de abril, no auditório da Prefeitura de Marília (2º andar do Paço Municipal), teve algumas deliberações importantes para o combate à pandemia.
Entre elas, destaque para a apresentação do prefeito Daniel Alonso sobre a reestruturação da Rede de Atenção Básica – UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e USFs (Unidades de Saúde da Família) – para o atendimento aos suspeitos de coronavírus.
Marília conta atualmente com 48 unidades de saúde, totalizando 52 equipes. A reestruturação para um atendimento mais adequado e para evitar aglomerações, terá 10 unidades para pacientes com sintomas respiratórios, 12 para assintomáticos respiratórios, 19 para monitoramento e nove para a população da zona rural e distritos.


As dez unidades que receberão os pacientes com sintomas respiratórios serão as seguintes: UBS Chico Mendes, UBS Nova Marília, UBS Costa e Silva, USF Jóquei Clube, UBS São Miguel, UBS Castelo Branco, UBS Cascata, UBS JK, USF Jardim Renata e USF Santa Antonieta III.
Já as 12 unidades para pacientes assintomáticos respiratórios são: UBS Planalto, USF Santa Augusta, USF CDHU/São Bento, USF Santa Paula, USF Marajó, USF Argolo Ferrão, UBS Alto Cafezal, UBS Bandeirantes, UBS São Judas, USF Altaneira, USF Jânio Quadros e UBS Santa Antonieta.
As 19 unidades de monitoramento ficaram assim definidas: USF Parque dos Ipês, USF Vila Real, USF Toffoli, USF Vila Hípica, USF Três Lagos, USF Jardim Cavallari, USF Jardim Teruel, USF Jardim Marília, USF Jardim América IV, USF Vila Nova, USF Vila Barros, USF Palmital, USF Aeroporto, USF Novo Horizonte, USF Aniz Badra, USF Figueirinha, USF 1º de Maio, USF Jardim Renata e USF Parque das Nações.
Para a população da zona rural e dos distritos, as unidades receberão pacientes sintomáticos respiratórios e assintomáticos respiratórios, sendo as seguintes: USF Amadeu Amaral, USF Flamingo, USF Avencas, USF Lácio, USF Dirceu, USF Santa Helena, USF Rosália, USF Nóbrega, USF Vida Nova Maracá e USF Jardim Maracá.
OUTRAS DEFINIÇÕES
Além da reestruturação da Rede de Atenção Básica, o encontro do Comitê definiu também uma parceria com a Malharia Gláucia, representada por Eric Rossato, na confecção de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para os profissionais da saúde; apresentou o novo secretário da Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior; e descartou momentaneamente a necessidade da montagem de um hospital campanha.
Esta necessidade para o atual momento foi descartada pelos representantes de hospitais que participaram do encontro: Márcia Mesquita Serva dos Reis (Unimar), Sérgio Stopato Arruda (Santa Casa) e Dr. Francisco Venditto Soares (Hospital de Clínicas).
Todos eles entenderam que a situação atual em Marília está sob controle e que esta necessidade (Hospital de Campanha) não se faz necessária por enquanto. Caso a situação mude, colocaram-se alguns locais já pré-equipados à disposição da Prefeitura, como por exemplo, um imóvel da Unimed na rua Cel. José Brás e o prédio anexo ao Hospital da Unimar.
“O que a gente pede é que a população permaneça em casa e tome os cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde. Hoje a situação em Marília está sob controle, com a nossa estrutura atual sendo suficientes para atendimento aos casos suspeitos que temos da doença. Não é o momento de pensarmos em montar hospital de campanha e sim buscar EPIs para os nossos profissionais de saúde. Caso haja alguma mudança significativa de casos suspeitos, aí poderemos pensar na montagem de uma outra estrutura. No momento não há essa necessidade”, disseram os representantes dos hospitais.

Fotos: Julio Cesar de Carlis


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*