Últimas

Procon cria canal via Whatsapp para atender consumidor

Compartilhe

Nova ferramenta deve agilizar atendimento e tirar dúvidas

O Procon de Marília criou mais um canal de atendimento ao consumidor. O Whatsapp do Procon é indicado para pequenas orientações e  para agilizar os demais procedimentos.

Segundo o diretor do Procon, Guilherme Moraes, no novo canal atende demanda de muitos consumidores integrados com a internet e que realizam compras online. “Nós do  Procon disponibilizamos  mais um canal de atendimento.  É o Whats do Procon para dar  pequenas orientações,” disse.

Segundo o diretor, o intuito da nova ferramenta é que o consumidor tenha condições de fazer suas reclamações de maneira muito sintetizada e evitar que ele vá ao Procon muitas vezes antes de conseguir registrar as reclamações.

“Por exemplo: quais os documentos necessários para determinada reclamação; quais são os procedimentos para uma troca, como fazer o cancelamento. Isso tudo pode ser feito pelo Whatsapp. Além de apresentar denúncias também receber informações facilitadas e rápidas. É mais um canal de atendimento para nos colocar de novo ao lado do consumidor e evitar que o consumidor tenha muitos problemas ”, disse Moraes.

O Whatsapp do Procon é (14) 99891.2331. “ Vocês consumidores de Marilia e região terão mais esse canal facilitado desburocratizado.  Essa é a função do Procon, atendendo a comunidade de forma facilitada”, afirmou o diretor.

ATENDIMENTO PRESENCIAL

O Procon Municipal de Marília foi  inaugurado em 1992, quando foi assinado convenio entre a Fundação PROCON/SP e a Prefeitura Municipal de Marília. Inicialmente atendendo em uma pequena sala anexa a Delegacia de Policia que existia na Rua Gonçalves Dias, tinha varias limitações tanto físicas quanto funcionais.

Com o aumento das demandas relacionadas ao Direito do Consumidor, o órgão ampliou o quadro de funcionários e quantidade de atendimentos. Passou a ocupar ampla sede desde julho, na avenida das Indústrias 294 – ao lado do Ganha Tempo. Recebe mensalmente mais de 3300 reclamações presenciais e pelo telefone (14) 3401.2466 e conta com índice de resolução de demandas de mais de 87%.


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*