Últimas

Projeto de Capoeira Angola e Cultura Popular faz encerramento de 2019 na Emef Paulo Freire

Compartilhe

Projeto realizado aponta para as diversidades culturais presentes na sociedade brasileira

Aconteceu no final do mês de novembro o encerramento do Projeto de Capoeira Angola e Cultura Popular na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Paulo Reglus Neves Freire, do ano de 2019. O projeto, que já existe há três anos, conta com apoio da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Cultura.

Sob a coordenação do Treinel Blanca Angoleiros do Sertão e do monitor Lucas Molina, o projeto surgiu com intuito de aproximar as crianças da cultura brasileira no intento de enfatizar uma forma de ver o mundo e a oportunidade de conhecer e resgatar a própria história através da Capoeira Angola.

As atividades foram desenvolvidas na quadra da escola com encontros semanais, aberto às turmas do 5º ano do Ensino Fundamental e atendeu um total de 83 crianças e adolescentes, principalmente pertencentes a população de baixa renda.

Durante o processo pedagógico, os alunos foram introduzidos historicamente a conhecerem as diferentes manifestações artísticas que fazem parte da cultura da capoeira, aprendendo a respeitar e valorizar as formas de linguagem lúdica e prazerosa, desenvolvendo-se e transformando-se pela capoeira.

Através de rodas de conversa, vivência de ritmos e danças de matriz afro-brasileira, o projeto trabalhou o ritmo e todos os elementos da capoeira, para possibilitar ao corpo a superação de seus limites.

O Projeto se concretizou também na realização de Oficinas de Capoeira Angola e no contato dos alunos com o Samba de Roda, tocado com palmas e instrumentos de percussão.

Um aspecto importante do projeto é o fato da possibilidade de aprendizado fora da sala de aula juntamente com o contato e a percepção das diversidades culturais existentes na sociedade brasileira.

Fotos: Divulgação


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*