“Reduzir, Reutilizar e Reciclar: Os 3 R’s que ajudam a salvar o planeta.”, por Cassiano Rodrigues Leite

Cassiano Rodrigues Leite*

Vivemos em tempos difíceis, de intolerância em praticamente todos os segmentos, e de educação comportamental, no mínimo, duvidosa. Nas questões ambientais a situação não é diferente. O consumismo desenfreado e a falta de consciência em dar o destino ambientalmente correto aos materiais descartados, estão provocando danos irreversíveis ao planeta, e, como consequência, observamos catástrofes naturais de proporções gigantescas, como enchentes, furacões, nevascas e o insuportável aquecimento global, causando estragos e ceifando vidas em diversas partes da Terra. O desequilíbrio ambiental provocado pela falta de planejamento na exploração de recursos naturais, colabora significativamente para a ocorrência dessas catástrofes, mas, além desses impactos, o descarte incorreto dos resíduos sólidos potencializa as consequências dessas ações negativas. O dia de sobrecarga do planeta está cada ano mais curto, onde, em 2019 atingiu o dia 29 de julho, data em que a humanidade esgotou os recursos naturais que o planeta seria capaz de renovar por meios próprios.
O nome “3 R’s” vem da abreviação das três medidas a serem adotadas pela população, visando algumas melhorias ambientais: Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Essas ações são essenciais para ajudar a reequilibrar o dia da sobrecarga, promovendo o consumo consciente, de forma que o planeta consiga renovar seus recursos naturais. É claro que essa não é a única medida para se preservar o meio ambiente, mas, certamente, é um importante passo que podemos dar em nosso dia a dia para garantir um planeta melhor.
Temos o conforto da tecnologia a nosso favor em quase tudo aquilo que utilizamos, mas não refletimos que todo esse conforto vem de fontes esgotáveis, oferecidos pelo meio ambiente, e há a necessidade de Reduzir o consumo, comprando apenas o necessário e essencial, além de Reutilizar e Reciclar os materiais descartados, evitando a extração de novas matérias-primas, uma vez que já temos à disposição um farto material a ser reaproveitado. Além disso, a implantação dos 3R’s se faz necessária e urgente, e já deveria estar presente em todas as repartições públicas, escolas, indústrias e comércios, em promoção à Sustentabilidade e à Educação Ambiental que o nosso planeta anseia e necessita.

*Cassiano Rodrigues Leite é servidor Público há 17 anos, casado, tem Curso Superior em Administração e Gestão Ambiental, cursando pós graduação em Perícia Ambiental. É Chefe da Divisão do Meio Ambiente no município de Marília, interlocutor responsável pelo Programa Municipio Verde Azul. 46 anos, Conselheiro do CADES – Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Marília.

Compartilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
Instagram

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*