Saúde encerra com panfletagem no comércio e palestras a Campanha #EletricidadeMata

Provocada pelo MPT, a campanha surgiu por causa do grande número de acidentes de trabalho graves e fatais ocorridos com profissionais que trabalham próximos à rede elétrica A Prefeitura de Marília, por meio do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) e Vigilância Sanitária, ambos órgãos da Secretaria Municipal da Saúde, encerra nesta semana a Campanha #EletricidadeMata. Panfletagem foi feita nesta quarta-feira, dia 27, no comércio especializado. Um café da manhã na sede do Cerest, palestras e “Rodas de Conversa” em empresas e entidades, além da distribuição do material educativo, fecham a programação do mês. O foco é a prevenção dos acidentes envolvendo energia elétrica. Por isso o público-alvo são eletricistas, técnicos de telecomunicações, pintores, pedreiros, gesseiros, serralheiros e outros profissionais que trabalham com fachadas, entre outros profissionais que atuam próximo ou em contato com a rede elétrica. Panfletos, com a mensagem de alerta, foram distribuídos nas lojas especializadas do centro da cidade pelas equipes da Vigilância Sanitária, e também em todas as regiões (norte, sul, leste e oeste), através dos servidores do Cerest Regional Marília. Ao longo do mês equipes de saúde dos bairros também se envolveram nas atividades. A programação incluiu ainda a capacitação feita pela CPFL, realizada no dia 13, no auditório da Secretaria Municipal da Saúde. Público-alvo foram profissionais que atuam nas vigilâncias (sanitária e de saúde do trabalhador) do município e do Estado. MORTOS E FERIDOS Conforme dados levantados pelo Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), no ano passado 65 pessoas morreram nesse tipo de acidente no Estado de São Paulo. Um dos casos aconteceu em Marília, onde um soldador de 60 anos morreu após receber descarga elétrica, quando trabalhava em uma residência do bairro Palmital, na zona norte da cidade. Acidentes com menor gravidade, inclusive sem notificação, não são raros. CAPACITAÇÃO A supervisora do Cerest em Marília, Luciana Caluz, conta que o dia 27 de novembro é lembrado anualmente como o “Dia D” da Segurança com Eletricidade. A proposta, explicou, foi promover atividades em duas frentes. “Atuamos no fortalecimento da capacitação dos trabalhadores da saúde, além de intensificar a divulgação da prevenção, provocando a reação de empregadores, trabalhadores-alvo da campanha e das pessoas em geral”, destacou Luciana. A CAMPANHA Provocada pelo Ministério Público do Trabalho, a campanha #EletricidadeMata surgiu da observação do grande número de acidentes de trabalho graves e fatais ocorridos com pedreiros, pintores, eletricistas, profissionais de telecomunicações, entre outros. Ao longo do mês, as ações envolveram equipes do Cerest Regional Marília, Cerest Estadual, Vigilância Sanitária e membros da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador – CIST Municipal.

Compartilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
Instagram

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*