Últimas

Sem aventais, Saúde do município busca ajuda de voluntários e doações

Compartilhe

Igreja Rosa Mística e empresa Rodani, além de várias costureiras, estão garantindo EPI no atendimento a pacientes com sintomas respiratórios

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde de Marília realizou uma força-tarefa, com o objetivo de conseguir aventais não-estéreis para o atendimento a pacientes com sintomas respiratórios e também na coleta de materiais (exames).
A força-tarefa se fez necessária, já que a secretaria não está conseguindo comprar os aventais, mesmo tendo a ata nesse sentido, já que a empresa fornecedora não está fazendo a entrega devido à grande demanda em todo o estado.
Desta forma, a equipe da Vigilância Epidemiológica “arregaçou as mangas” e conseguiu uma série de parceiros, que viabilizaram os materiais e a confecção do EPI (Equipamento de Proteção Individual) para uso dos profissionais de saúde, como explica a supervisora do órgão, Alessandra Arrigoni Mosquini.
“Estamos muito satisfeitas e agradecidas às empresas e às pessoas que estão colaborando com a gente neste momento complicado. A nossa equipe, comandada pela enfermeira Alessandra Pereira, foi à luta, manteve contatos e conseguimos resultados extremamente positivos, sendo que já nesta quarta-feira (25) já conseguiremos entregar 500 aventais aos profissionais das nossas unidades de saúde, que foram confeccionados num único dia de trabalho das costureiras”, disse a supervisora.
Alessandra fez questão de agradecer aos parceiros, como a empresa Rodani, que está cortando todo o material de TNT; à Paróquia Nossa Senhora da Rosa Mística, que doou material e também a mão de obra através das costureiras; ao projeto Espalhando Bonecas, que também cedeu costureiras; a Teciê Artigos para Tapeçaria e Decoração, com a doação de TNT; à médica Ana Paula Turola; e à própria equipe da Vigilância Epidemiológica.
São várias costureiras que estão trabalhando na confecção dos aventais, entre elas, Lenita, Ana Massud, Maria Inês, Maria Aparecida, Joana, Beth e Érica. “Não temos palavras para agradecer a cada um desses nossos parceiros. Marilia demonstra ser uma cidade solidária e tenho certeza que venceremos essa batalha contra o Covid-19 (novo Coronavírus)”, afirmou a supervisora da Vigilância Epidemiológica.
Ela acredita que serão necessários cerca de 9 mil aventais nos próximos 30 dias. “Estamos confiantes que iremos conseguir, já que a solidariedade demonstrada nesse início de força-tarefa superou a nossa expectativa. E quem quiser colaborar basta entrar em contato com a Secretaria Municipal da Saúde, que fica na avenida Castro Alves, 61, em frente à Fatec, ou pelo telefone (14) 3402-6500. Vamos precisar de mais doações desse tipo.”

Fotos: Divulgação


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*