Transporte coletivo em Rio Preto é mais barato e melhor que Marília

Compartilhe

Tarifa em Marília é R$ 3,80 e passageiros enfrentam irregularidades na linha, desconforto e superlotação como reportagem do JC já denunciou

JORNAL CIDADE


Com o dobro da quantidade de população e tamanho que Marília, a São José do Rio Preto, duas horas e meia de distância daqui, oferece transporte coletivo mais em conta e com mais qualidade. Quase 50 ônibus dotados de ar condicionado circulam na cidade desde o mês de julho. Além disso, o preço da passagem por lá é menor: rio-pretense paga R$ 3,50, enquanto o mariliense desembolsa R$ 3,80 por viagens, que, muitas vezes faz em pé. Assim como em Marília, Rio Preto possui duas empresas concessionárias que operam o transporte urbano: a Circular Santa Luzia e o Expresso Itamarati. Em julho, conforme informações oficiais da Prefeitura de São José do Rio Preto, 13 novos veículos com ar-condicionado foram incorporados à frota total, sendo que já naquela época os ônibus climatizados chegavam a 36. Com os 13 novos, subiu para 49 a quantidade de ‘carros’ (as empresas denominam os veículos coletivo como ‘carros) disponíveis à população. Cada unidade refrigerada custou R$ 350 mil. De acordo com a Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto, que fica a quase 200 quilômetros de Marília, os ônibus climatizados consistiam em uma promessa da atual administração, exercida pelo ex-deputado federal e ex-ministro dos Portos de Dilma Rousseff, Edinho Araújo (MDB). Atualmente, as duas companhias de ônibus disponibilizam para a população de Rio Preto mais de 270 veículos, sendo quase 50 refrigerados. Outra vantagem na comparação com o transporte público consiste no preço da tarifa. Quem embarca em Rio Preto paga R$ 3,50, enquanto quem sobe nos ônibus em Marília (em qualquer uma das duas empresas operadoras) desembolsa a tarifa de R$ 3,80. Em Rio Preto, quem optar por cartão das duas empresas, ainda ganha um desconto de R$ 0,20, pagando R$ 3,30.


A imagem pode conter: céu, árvore, casa e atividades ao ar livre

Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*