Universidade Zumbi dos Palmares nomeia salas da instituição de Marina Silva e Benedita da Silva

Compartilhe

Márcia Foletto
Márcia Foletto
A Universidade Zumbi dos Palmares decidiu dar os nomes de Benedita da Silva e Marina Silva a duas salas da instituição. A nomeação aconteceu em repúdio à retirada dos nomes das duas políticas da lista de personalidades negras da Fundação Palmares, presidida por Sérgio Camargo.

Em um post no twitter no início da semana, Sérgio Camargo justificou a retirada do nome de Marina Silva alegando que ela “não tem contribuição relevante para a população negra no Brasil”. O nome de Benedita já havia sido retirado da lista no início do mês.

Conhecida pela defesa da pauta ambiental, Marina Silva foi eleita a senadora mais nova do Brasil em 1994 e chegou a chefiar o Ministério do Meio Ambiente no governo Lula. Já a petista Benedita da Silva foi a primeira senadora negra na história do brasil.

Segundo José Vicente, reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, “elas significam o posicionamento da sociedade brasileira, que ela é independete e autônoma de governos e governantes. A luta, a construção e as conquistas dos negros foram lutas sobretudo dos negros contra o governo e contra os governantes. Então, com esse gesto, nós queremos dizer que estamos atentos e que continuaremos lutando para combater e superar todos esses inimigos de qualquer cor que tentam se colocar no nosso caminho e diminuir o valor da nossa luta e dos nosso heróis”.


Compartilhe

Comente

Seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*